“Andy Warhol, Mr. America”

10 de fevereiro de 2010

Ao que tudo indica, 2010 vai ser um ano muito bom nas artes aqui no Brasil. Primeiro foi a ótima notícia da exposição do Tim Burton e nessa semana a outra grande notícia foi a vinda da maior exposição do Andy Warhol, que em março aterrissa na Pinacoteca, em São Paulo. Um dos principais percurssores da Pop Art, que surgiu na década de 1950 na Inglaterra, tornou-se um dos mais célebres artistas comerciais e ícone atemporal, tanto como inspiração nas artes como figura notável desde o underground nova-iorquino ao mundo pop.

Em 1962, passou a utilizar serigrafia e outros meios de reprodução mecânica, eliminando a distinção entre fotografia e pintura, assim como a Pop Art fez desaparecer a distinção entre arte “erudita” e “comercial”. O mais interessante é o casamento que ele fez entre as artes, unindo imagem à música , aos filmes.

A exposição é uma retrospectiva do artista, que diferente da sua frase "In the future everyone will be famous for fifteen minutes", foi muito além dos 15 minutos de fama. Li que qualquer biografia que seja lançada sobre Warhol, tem sempre recordes de vendas. O trabalho selecionado é, principalmente, do período de 1961 e 1968, com várias peças famosas como retratos da Marilyn Monroe, Jackie O., Mao Tsé-Tung, além da série de latas de sopas Campbell e as garrafas da Coca-Cola. Entre o que será exposto, estão também auto-retratos, filmes, gravuras, pinturas e fotografias totalizando 170 obras.

O meu sonho é ter passado um noitada com ele no Studio 54, acompanhar as gravações do The Velvet Underground ou ser a queridinha dele,tipo a Edie Sedgwick. Enfim, ele é um gênio e ponto final, long life Andy.


1 comentários:

Siegrfried disse...

Andy Wahrol é demais, rs.
Gosto da arte dele, me lembra bastante os quadrinhos!

Postar um comentário

Seu comentário faz noso sucesso!!
Comente!

+ Recentes

Seguidores

+ Populares

Widget by Blogger Buster

  © Blogger template Writer's Blog by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP